Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...
Fácil Informática no Sinplo 2014

Fácil Informática no Sinplo 2014

A 9ª edição do SINPLO - Simpósio Internacional de Planos Odontológicos e Feira de Negócios para as operado...

Cooperativas de crédito têm custo mais barato do que bancos

Micro e pequenos empresários têm acompanhado de perto as quedas dos juros praticados pelo Banco Central. De 11% no começo do ano, a taxa de juros básica, a Selic, despencou para 8,5% em junho, criando a expectativa de uma queda significativa no custo dos financiamentos. O que nem todos os pequenos empresários sabem é que as chamadas cooperativas de crédito já oferecem recursos a preços competitivos, independentemente das variações das taxas oficiais.

Ao contrário dos bancos, que dependem em grande parte de empréstimos tomados diretamente do Banco Central, a maioria das cooperativas se financia diretamente com o dinheiro dos próprios correntistas cooperados. Isso torna o preço do crédito desconectado, ao menos de forma direta, das variações das taxas de juros.

Atualmente, as cooperativas compõem 2% do crédito nacional - pouco se comparado a países como Alemanha e França, em que representam respectivamente 30% e 43% desse mercado.

Empréstimo mais barato
"O cooperativismo é baseado na união de pessoas com direito a voto. É um modelo socioeconômico democrático que, por sua natureza, visa às necessidades do grupo e não ao lucro", afirma Antonio José Monte, presidente da Cooperativa de Crédito Mútuo dos Micro e Pequenos Empresários e Microempreendedores do Grande ABC (Sicoob Crediacisa). Por reverter a maior parte dos lucros em custos administrativos - como contratação de funcionários e encargos fiscais - ou no próprio barateamento do crédito, as cooperativas fornecem taxas mais baixas do que a média do mercado.

Em geral, as instituições oferecem produtos similares àqueles de um banco comum, como conta corrente, poupança e financiamento, mas possuem uma estrutura organizacional e preços diferenciados.

Décio Milani, gerente do Sicoob Crediacisa, revela que o custo do capital de giro da instituição é de 1,8% a 2,5%, enquanto que em bancos comuns chega a 4%. Já o cheque especial de pessoa jurídica gira em torno de 4,5%, enquanto que em bancos normais pode chegar a 8,5%. Empréstimos de logo prazo para compra de equipamentos ou investimentos em infraestrutura são feitos por meio de linhas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Nesses casos, a cooperativa é apenas uma intermediária.

Estrutura
As cooperativas são reguladas pelo Banco Central e devem ter um estatuto que respeite as exigências do BC.

O órgão máximo das cooperativas são as assembleias. No caso da Crediacisa, é realizada uma assembleia ordinária anualmente para aprovar o balanço anual. Também se discute de que forma será empregado o saldo do balanço e se ele será distribuído entre os cooperados. A cada quatro anos, é eleita a diretoria executiva, o conselho administrativo e o conselho fiscal. Assembleias extraordinárias podem ser convocadas quando justificado.

"Os conselheiros são responsáveis por planejar a estratégia da cooperativa, enquanto a diretoria executiva trabalha cotidianamente na gestão da empresa para atingir a esses objetivos", explica Antonio.

Fonte: Terra - 12/06/12

Share

Comment function is not open