Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...
Fácil Informática no Sinplo 2014

Fácil Informática no Sinplo 2014

A 9ª edição do SINPLO - Simpósio Internacional de Planos Odontológicos e Feira de Negócios para as operado...

Os impactos e os significados da Intervenção do BACEN, FGC e Banco Cruzeiro do Sul

SÃO PAULO - No dia 4 de junho, segunda-feira, o Banco Central comunicou a intervenção do Banco Cruzeiro do Sul, após constatar o “descumprimento de normas aplicáveis ao sistema financeiro e da verificação de insubsistência em itens do ativo", ou seja, falha na documentação dos ativos do Banco.

Essa intervenção se dará através do RAET (Regime de Administração Especial Temporária) por 180 dias e será comandada pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito). O objetivo do FGC é sanear as contas do banco para depois poder vendê-lo.

Vejamos qual o impacto disso para o mercado de crédito, para o consumidor credor do Banco Cruzeiro do Sul e também para todos os contribuintes.

Primeiramente, avaliemos o histórico do FGC.

O FGC foi criado em novembro de 1995, um ano após a crise no Banco Bamerindus - ajudado então pelo PROER - Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento do Sistema Financeiro Nacional. A missão do FGC, segundo informação da própria instituição, é de proteger o depositante e o investidor, além de assegurar a estabilidade do sistema financeiro e prevenir crises.

Recentemente, o Fundo atuou na crise do Banco Panamericano, realizando empréstimos para equilibrar o patrimônio da instituição. Essa crise teve desfecho com a venda do Banco para o grupo BTG Pactual.

Os recursos do FGC advêm de contribuição compulsória das instituições financeiras na ordem de 2% dos depósitos.

Quais os impactos para o consumidor?

No caso dos credores do Banco Cruzeiro do Sul, o FGC tem por regra cobrir depósitos de até R$ 70 mil para cada correntista, caso haja alguma problema de solvência da instituição; o que não é o caso até o momento, uma vez que o banco está em intervenção, mas continua realizando normalmente suas operações. Após a avaliação profunda das contas entenderemos o tamanho do problema.

No caso dos demais consumidores, lembrando que os recursos do FGC em última instância advêm dos depósitos de pessoas físicas e jurídicas, não há certeza de perdas dos recursos do FGC, uma vez que o valor de venda da instituição pode cobrir o valor aportado pelo FGC.

Impacto no Mercado de Crédito

O Banco Cruzeiro do Sul representa aproximadamente 0,2% dos ativos do sistema financeiro e aproximadamente 0,35% dos depósitos – segundo informações do Banco Central. Dessa forma, o banco não afeta sistemicamente a indústria bancária, apesar de gerar instabilidades, desconfianças e receios por partes do agentes econômicos.

Mas vale destacar o lado positivo dessa história. A identificação de problemas com o do Banco Panamericano e agora do Banco Cruzeiro do Sul denota uma atuação forte dos órgãos reguladores, o que dá segurança para o setor e demonstra a solidez do nosso sistema financeiro.Intervenção do BACEN, FGC e Banco Cruzeiro do Sul

Fonte: DCI - 11/06/12

Share

Comment function is not open