Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

Um dos eventos mais importantes de 2021 está próximo

Um dos eventos mais importantes de 2021 está próximo

Saiba mais informações sobre o evento em: 12seminario.unidas.org.br
Vendas online Facplan. Digital e flexível para você vender muito mais.

Vendas online Facplan. Digital e flexível para você vender muito mais.

O módulo de Vendas Online do FacPlan chega para facilitar a sua vida em todos os sentidos.- Sem necessidade de integração- Sem necessidade de outro fo...
Grupo Fácil na Fintouch

Grupo Fácil na Fintouch

Saiba mais sobre a Fintouch aqui: https://www.abfintechs.com.br/fintouch
FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...

Operadoras de saúde suplementar: Crescimento em 2011

As operadoras de saúde suplementar, que projetavam alguma desaceleração nos negócios este ano, tendo em vista a perspectiva de crescimento menor da economia, começam a refazer as projeções para mais e já consideram factível obter, em 2011, uma taxa de expansão próxima da do ano passado.

A constatação é do presidente da FenaSaúde, Marcio Serôa de Araujo Coriolano, ao fazer um balanço do setor de saúde suplementar, em entrevista durante o XVII Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros e o I Congresso Brasileiro de Saúde Suplementar, eventos que reúnem quase 4 mil participantes, em Brasília. Significa dizer que o mercado deverá fechar o ano com uma taxa média de crescimento de 8% e uma receita próxima de R$ 90 bilhões. No caso dos grandes grupos, o faturamento deve ter uma alta média de 15% sobre o de 2010.

Renda e emprego são as duas palavras mágicas na dinâmica do setor, explica ele. À medida que as vagas no mercado de trabalho e a massa salarial aumentam, o setor de saúde suplementar segue a reboque, já que a adesão a planos é uma das prioridades ou desejo dos brasileiros, acrescenta. Depois de "anos negros" para o mercado - de 2004 a 2006 - em razão do impacto do marco regulatório do setor, reajustes irreais dos planos individuais e, em consequência, retirada das gôndolas de produtos para pessoas físicas, o mercado fez uma imersão para se ajustar e voltar revigorado, informa o presidente da FenaSaúde.

Exibindo um crescimento contínuo e firme a partir de 2007, a saúde suplementar é tida pelas empresas como um benefício para reter mão de obra. Antes apenas contratado pelas empresas de grande porte, agora são as pequenas e médias, justamente as mais beneficiadas pela chegada ao mercado de milhões de novos consumidores, que puxam a demanda do seguro saúde. Na Bradesco Saúde, por exemplo, as vendas para pequenas e médias tiveram crescimento de 35% nos 10 primeiros meses do ano - entre as grandes foi de 14%.

Outra curiosidade é que a expansão do mercado de saúde não é mais liderada, em termos percentuais, pela região Sudeste, mas sim pelo Nordeste, onde a taxa de crescimento da economia é mais intensa. Justamente para mostrar as perspectivas do mercado de saúde suplementar, a FenaSaúde decidiu promover seu congresso concomitantemente ao dos corretores, em Brasília. "Até agora é um nicho pouco explorado pelo corretor, mas, a contar do interesse que os painéis despertaram, é provável que mais corretores passem a operar neste ramo daqui em diante", afirmou o presidente da FenaSaúde.

Fonte: Plurall - 29/11/11

Share

Comment function is not open