Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

Sua empresa já se preparou para os impactos da LGPD?

Sua empresa já se preparou para os impactos da LGPD?

Live interativa e gratuita: 22 de outubro de 2020, das 14h30 às 16h. Clique para saber mais.
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323?A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resolução...
FacRegulação

FacRegulação

Configuração de múltiplos fluxos de regulação.
FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCredO FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma ferramen...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem? O Banco Central do Brasil ...

Bancos querem índice de Basileia III conjunto com o resto do mundo

São Paulo - Apesar da vontade do Banco Central de começar a implementação das regras do Acordo de Basileia III no Brasil a partir de 2012, os bancos brasileiros questionam o prazo, e dizem que o Brasil deve respeitar um calendário global para que não saiam prejudicados diante de uma competição internacional desigual.

Durante evento sobre o tema na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomércio), o conselheiro da Associação Brasileira de Bancos (ABBC), Milto Bardini, que também é vice-presidente do BicBanco, destaca a necessidade de discussão sobre o assunto, no que diz respeito aos impactos dos movimentos de mercado e regulação sobre equilíbrio da indústria bancária e competição. "Trata-se de uma grande reflexão acerca dos rumos a serem trilhados pela indústria bancária em um ambiente cada vez mais competitivo, no qual os custos de observância e de financiamento de funding assumem maior relevância."

Para o conselheiro da ABBC, é importante relembrar que não pode haver diferenças na implementação de regras. "Competição justa requer um mínimo de regras compartilhadas por todos os participantes do grupo, que procura os métodos de coexistência e regularidade."

Segundo o diretor-executivo da ABBC, Carlos Lofrano, é relevante a existência de uma estrutura, dentro das empresas, voltada para uma boa governança, com comitês de risco, de auditoria e de crédito.

Fonte: DCI - 25/08/11

Related

Share