Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

ANS facilita troca de planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) flexibilizou as regras para a portabilidade de carências nos planos de saúde. A partir de agora, o período de carência mínima para a segunda mudança de operadora recuou de dois para um ano, e o prazo para requerer a troca aumentou de dois para quatro meses a partir da data de aniversário do contrato. Os beneficiários de planos coletivos por adesão também poderão fazer a mudança sem perder a carência, antes restrita a usuários dos planos individuais e familiares.

A medida busca recuperar a credibilidade da regra, que passou a valer há dois anos mas é considerada um fracasso. Para se ter ideia, até outubro de 2010 - dado mais recente da ANS -, só 2,1 mil pessoas fizeram a portabilidade, num universo de mais de 40 milhões de usuários. As entidades de defesa do consumidor consideram as mudanças um avanço, porém insuficientes para que a portabilidade tenha o sucesso desejado.

O principal problema é que beneficiários dos planos coletivos empresariais - cerca de 70% do total de contratos, continuam impedidos de exercer a troca de plano sem perda de carências. Planos contratados antes de 1999, quando passou a valer a lei que regulamenta o setor, também estão de fora das novas regras.

"Foi uma evolução tímida", disse Juliana Ferreira, advogada do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Para ela, em vez de exigir período mínimo de dois anos para a primeira mudança de plano e um para as subsequentes, o consumidor deveria ter o direito de fazer a troca a qualquer momento, carregando consigo a carência já cumprida. Polyana Carlos Silva, supervisora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), defende que a portabilidade poderia ser exercida a qualquer momento, em vez de só num prazo de quatro meses a partir do aniversário do contrato. "Uma vez cumprida a carência, não há motivo que justifique a limitação do pedido de troca", argumentou.

SEGURANÇA:

O gerente geral econômico financeiro atuarial da ANS, Fábio Fassini, explicou que as limitações servem para dar segurança econômica às operadoras. "As limitações são importantes para prevenir comportamentos oportunistas, como no caso de a pessoa mudar de plano ao descobrir determinada doença", explicou. Fassini ressaltou que as discussões continuarão e está aberta a possibilidade para que, no futuro, novos ajustes sejam implementados.

Fonte: Plurall - 03/05/11

Share

Comment function is not open