Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...
Fácil Informática no Sinplo 2014

Fácil Informática no Sinplo 2014

A 9ª edição do SINPLO - Simpósio Internacional de Planos Odontológicos e Feira de Negócios para as operado...

Reforma política e tributária serão prioridades na próxima legislatura

O próximo Congresso (2011-2015), segundo eles, terá a tarefa de colocar esses temas em discussão já no início dos trabalhos. "Ainda não houve consenso para esses assuntos. Eles devem ser a pauta número um e número dois da próxima legislatura", afirma o líder do PMDB, deputado Henrique Eduardo Alves (RN).

De acordo com o líder do Psol, deputado Ivan Valente (SP), a reforma política pode ser a saída para uma série de problemas. O atual financiamento privado de campanhas, diz ele, é a raiz da corrupção. O líder do PV, deputado Edson Duarte (BA), também defende a revisão do sistema eleitoral, com o argumento de que hoje os políticos com maior poder econômico são beneficiados.

Na opinião dos líderes, no entanto, o caminho para a reforma política já foi pavimentado com a aprovação da Lei da Ficha Limpa (Lei complementar 135/10). O projeto, aliás, foi destacado como uma das votações mais importantes da atual legislatura.

"A Ficha Limpa teve participação do povo brasileiro, de todos os setores, da Igreja, dos advogados. Foi uma colaboração da sociedade via Congresso", acredita Henrique Eduardo Alves. Na Câmara, a proposta foi aprovada em maio.

O deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA) também avalia que a reforma política será prioritária.

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) confirmou que a reforma política será prioridade para a bancada petista. "Vamos trabalhar por uma reforma que melhore as instituições eleitorais e políticas da sociedade, para permitir que o cidadão comum participe da política", disse.

Debates com o governo
O vice-líder do DEM José Carlos Aleluia (BA) disse que as reformas política e tributária precisam ser democráticas e não podem privilegiar partidos pequenos e sem representatividade.

As duas reformas também são preocupações do líder do PSDB, deputado João Almeida (BA). Ele ressaltou que o seu partido está disposto a discutir com o novo governo principalmente assuntos urgentes como esse.

Sobre o objetivo da presidente Dilma Rousseff de "estender as mãos para a oposição", o deputado Alfredo Kaefer (PSDB-PR) afirmou já ter ouvido informações de que Dilma estaria disposta a se reunir com parlamentares oposicionistas para negociar a votação de reformas como a tributária e a política.

Reforma tributária
Em relação à reforma tributária, a Câmara analisa o relatório do deputado Sandro Mabel (PR-GO) sobre o assunto, mas ainda não conseguiu votá-lo. Contrário ao texto em tramitação, Ivan Valente afirma que é preciso promover a "justiça fiscal" no Brasil.

"A incidência de tributos deveria ser sobre a propriedade e a riqueza, e não sobre o consumo e a renda. O sujeito mais rico paga o mesmo imposto que o cidadão médio por uma dúzia de ovos", exemplifica.

Ele lembra que a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou o Projeto de Lei Complementar 277/08, da deputada Luciana Genro (PSol-RS), para instituir o Imposto sobre Grandes Fortunas.

Fonte: Agência DIAP - 06/01/11

Share

Comment function is not open