Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323?A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resolução...
FacRegulação

FacRegulação

Configuração de múltiplos fluxos de regulação.
FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCredO FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma ferramen...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem? O Banco Central do Brasil ...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa?Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona com...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

Bancos acumulam lucros recordes no segundo trimestre - R$ 10 bilhões

Os juros cobrados pelas 25 instituições do sistema financeiro brasileiro acrescentam uma diferença (spread) arbitrária e abusiva, a título de risco, que eleva os juros efetivamente cobrados aos indivíduos e empresas a percentuais bem superiores ao da taxa básica, próprios de agiotas. Estudo é da consultoria Economática

Os bancos constituem o ramo da economia nacional que mais lucrou no segundo trimestre deste ano. Abocanharam R$ 10,1 bilhões, 18,38% a mais do que os R$ 8,5 bilhões obtidos em 2009, segundo estudo da consultoria Economática divulgado nesta segunda-feira (23).

O resultado reflete as altas taxas de juros e caríssimas tarifas cobradas aos clientes.

Prisioneiro de uma política monetária conservadora, há anos o Brasil exibe o desonroso título de campeão mundial dos juros reais altos.

A Selic - taxa básica de juros usada como indexador de títulos públicos - foi fixada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) em 10,75% ao ano, depois de três aumentos sucessivos.

A mera aplicação em papéis do governo garante um bom rendimento, além de fácil e seguro. Mas, os banqueiros não se contentam com pouco.

Agiotagem
Os juros cobrados pelas 25 instituições do sistema financeiro brasileiro acrescentam uma diferença (spread) arbitrária e abusiva, a título de risco, que eleva os juros efetivamente cobrados aos indivíduos e empresas a percentuais bem superiores ao da taxa básica, próprios de agiotas.

Os juros sobre cheque especial e cartões de crédito são até 15 vezes superiores à Selic.

As tarifas sobre os serviços prestados (emissão de cheque, saldos, extratos, cartões, pagamento de contas, entre outros) são outra fonte generosa de lucros. Além disto, os banqueiros remuneram mal seus funcionários e exigem o máximo de esforço e produtividade.

Petróleo em segundo
O levantamento da Economática foi feito com base nos demonstrativos financeiros apresentados pela empresas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Depois do ramo bancário, no ranking dos lucros, aparece o de petróleo e gás, representado por quatro empresas, com lucro de R$ 8,5 bilhões contra R$ 7,7 bilhões registrados no mesmo período de 2009 (crescimento de 10,9%).

Dos 23 ramos econômicos analisados pela Economática, sete apresentam queda do lucro no segundo trimestre ante o mesmo período do ano passado, entre eles alimentos e bebidas e veículos e peças.

Fonte: Agência DIAP - 24/08/10

Related

Share