Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

Envelhecimento traz desafio para o setor

O aumento progressivo do número de idosos na população brasileira, que coloca em xeque o atual sistema de seguridade social, também pode levar o atual modelo de planos de saúde privados ao colapso nas próximas décadas. Segundo levantamento do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), nos últimos dez anos a participação de idosos na saúde suplementar brasileira cresceu 30% acima da média do total de usuários das outras faixas etárias. Para as operadoras, isso significa maiores custos de manutenção.

Dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) mostram que as despesas per capita são quase 2,5 maiores nas operadoras com maior proporção de beneficiários idosos. A taxa de sinistralidade dos planos também sobe de 79,1% para as empresas como até 10% de idosos para 90,9% para aquelas com mais de 50% de usuários acima de 59 anos. Isso tem obrigado as empresas a praticar reajustes cada vez mais altos nas mensalidades para o público acima dos 59 anos. Mas, em dado momento, para a conta fechar, esse custo também deverá ser repassado para os beneficiários mais jovens. “É aí que mora o perigo".

Esse aumentos progressivos podem expulsar financeiramente esses usuários mais novos, concentrando cada vez mais a carteira das operadoras em beneficiários idosos, tornando, mais uma vez, os planos mais caros, em um círculo vicioso que pode inviabilizar financeiramente o atual modelo de saúde suplementar”, avalia a advogada da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (ProTeste), a advogada da Proteste, Polyanna Carlos Silva. O IESS aponta como solução a criação dos chamados planos de saúde orientados pelo consumidor, tendo como exemplo modelos aplicados em países como Estados Unidos e Cingapura. Esse sistema envolve forma alternativas de financiamento do planos, com a criação de planos de “previdência saúde” ou “poupanças saúde”, para amenizar o impacto dos custos decorrentes do avanço da idade nas mensalidades dos planos.

Fonte: Gazeta do Povo – 14/06/10

Share

Comment function is not open