Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

Consórcio facilita exportação para as cooperativas

Produtos da agroindústria do Amazonas que deverão ser trabalhados para serem exportados para o mercado internacional

A castanha do Brasil, produzida nos municípios de Manicoré e Lábrea, e o guaraná, produzido por agricultores do município de Urucará, são produtos da agroindústria do Amazonas que deverão ser trabalhados para serem exportados para o mercado internacional. A idéia é formar um consócio de cooperativas que trabalham com esses dois produtos, lançando marca única, para atuar com mais desenvoltura na busca de compradores em mercados como China, países da Europa e Estados Unidos.

O anúncio foi feito ontem pelo presidente do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Amazonas (OCB-Sescoop/AM), Petrúcio Magalhães Jr., durante o Painel “Agronegócio e Cooperativismo”, um dos temas abordados durante o Encontro de Comércio Exterior (Encomex) que foi realizado no Stúdio 5. O evento contou com a presença do diretor do Departamento de Cooperativismo e Associativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Daniel Amin Ferraz.

Estiveram também presentes os representantes da Coordenadoria de Biocombustível do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Departamento de Sistemas de Produção e Sustentabilidade do Mapa. Órgãos ligados o setor primário do Estado como as secretarias estaduais (Desenvolvimento Sustentável do Amazonas) e (Produção Rural) e a Federação da Agricultura do Estado do Amazonas também compareceram ao evento.

Petrúcio Magalhães destacou que a decisão de trabalhar a castanha do Brasil e guaraná nasceu de uma reunião com Daniel Ferraz, na quinta-feira (8/4), com o objetivo de criar condições para que os pequenos agricultores familiares do Amazonas, reunidos em cooperativas ou associações, possam comercializar seus produtos no mercado internacional. “O Amazonas tem um grande potencial, muitos outros produtos podem ser exportados, mas decidimos pela castanha e o guaraná porque são originárias do Amazonas e as cooperativas que trabalham com esses produtos nos municípios de Manicoré, Lábrea e Urucará, já estão com uma gestão administrativa melhor aprimorada e contam com a certificação orgânica”, explicou o presidente.

“Esse será um projeto piloto, que deve ser apresentado até o mês de julho ao Ministério da Agricultura, pois temos a garantia do Daniel Ferraz de que teremos recursos para implementar esse projeto. Depois outras cooperativas poderão entrar no projeto”, explicou Petrúcio Magalhães. O diretor do Mapa, Daniel Ferraz, disse que a formação de consórcios é o novo passo que as cooperativas e associações devem buscar para atingir novos mercados ou aumentar sua fatia na pasta de exportação. (Fonte: OCB/AM)

Fonte: Brasil Cooperativo - 12/04/10

Share

Comment function is not open