Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

Desembolso do BNDES atinge recorde de R$ 100 bilhões

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) atingiram R$ 100 bilhões entre janeiro de 2009 e a segunda semana de outubro, recorde na história do BNDES. A indústria respondeu pela maior parte das liberações, de R$ 50,2 bilhões, e a infraestrutura por R$ 33  bilhões. O restante ficou dividido entre os setores de serviços e agropecuária.

A marca de R$ 100 bilhões em desembolsos é conseqüência da forte demanda do setor produtivo por crédito e resultado das medidas adotadas pelo BNDES para facilitar o acesso aos seus recursos. Em 2008, a expectativa era de que o valor fosse atingido apenas ao final de dezembro deste ano.

De janeiro a setembro de 2009, os desembolsos do Banco somaram R$ 96,9 bilhões, alta de 58% em relação ao mesmo período do ano passado. A indústria, que respondeu por 51% das liberações, registrou expansão de 97% na mesma base de comparação. Os desembolsos para o setor de infraestrutura cresceram 32% e equivaleram a 33% do total liberado no período.

Um dos destaques das estatísticas do Banco no terceiro trimestre é o bom desempenho do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), que desembolsou R$ 7,7 bilhões em agosto e setembro. O PSI foi criado em julho deste ano com o objetivo de ampliar o apoio ao setor de bens de capital, à inovação, ao desenvolvimento da engenharia nacional e melhorar o acesso ao crédito para as micro, pequenas e médias empresas.

O programa, que vigora até 31 de dezembro de 2009, opera com taxas competitivas e reforça a atuação do BNDES como instrumento de estímulo à realização de investimentos no Brasil. Também está em linha com as ações em curso da Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP). Os desembolsos do PSI saíram de R$ 2,2 bilhões em agosto para R$ 5,5 bilhões em setembro, indicando o início da retomada dos investimentos em máquinas e equipamentos, que apresentou forte demanda nas últimas semanas. A carteira do programa, incluindo operações contratadas, aprovadas, em análise e em consulta, já soma R$ 13,6 bilhões.

Também contribuíram para o desempenho recorde de 2009 o apoio do BNDES ao programa de investimentos da Petrobras, de R$ 25 bilhões, e aos setores de energia elétrica, transportes (fabricação e montagem de veículos automotivos, embarcações, equipamentos ferroviários e aeronaves), que somaram R$ 17,4 bilhões. Nos nove primeiros meses de 2008, os desembolsos para transportes haviam sido de R$ 6,7 bilhões. Ou seja, de um período para o outro a aceleração foi de 160%.

Desempenho no ano  –  As estatísticas registradas nos nove primeiros meses de 2009 devem-se à continuidade dos financiamentos a projetos de investimento; à ação anticíclica do Banco, que atuou com medidas para estimular o crédito em um momento marcado pela retração.

As aprovações entre janeiro e setembro totalizaram R$ 113,6 bilhões, aumento de 47% em relação ao mesmo período do ano passado. As consultas para novos investimentos e os projetos já enquadrados no BNDES atingiram, pela ordem, R$ 171,2 bilhões (alta de 30%) e R$ 141,6 bilhões (alta de 22%).

Os números sinalizam a continuidade da expansão dos financiamentos do Banco em 2010, já que indicam forte demanda nos setores da indústria, infraestrutura, agropecuária e comércio e serviços.

Os desembolsos para o setor industrial atingiram R$ 48,8 bilhões, equivalentes a alta de 97%. Os projetos de infraestrutura receberam R$ 31,5 bilhões, aumento de 32% ante igual período do ano anterior. As aprovações também mantiveram ritmo acelerado. Para a indústria, a alta foi de 52%, totalizando R$ 56,1 bilhões. Em infraestrutura, o valor aprovado atingiu R$ 38,0 bilhões, com expansão de 40% em relação aos nove primeiros meses de 2008.

Desempenho em 12 meses – O BNDES também apresentou estatísticas recordes nos últimos 12 meses encerrados em setembro. Os desembolsos somaram R$ 128,0 bilhões, alta de 52% em relação aos 12 meses anteriores. As aprovações, de R$ 157,5 bilhões, cresceram 36%; os enquadramentos, R$ 180,7 bilhões, expansão de 16%; e as consultas, que atingiram R$ 215,4 bilhões, tiveram aumento de 25%.

Fonte: BNDS - 22/10/09

Share

Comment function is not open