Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

Dólar pode perder status, diz Banco Mundial

Pedindo um esforço coordenado para reequilibrar a economia global e a estrutura de poder, o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, afirmou nesta quinta que o dólar pode cada vez mais perder seu status de moeda de reserva dominante em um mundo multipolar. Em texto preparado para discurso sobre as causas e implicações da crise, Zoellick disse que o dólar continuaria sendo uma "moeda importante", mas que provavelmente enfrentaria competição como moeda de reserva.

"Os Estados Unidos estariam errados em tomar como certo a posição do dólar como moeda de reserva predominante do mundo", disse Zoellick à Escola Paul H. Nitze de Estudos Internacionais Avançados, da Universidade Johns Hopkins. Em seu comentário mais forte, Zoellick afirmou que, "olhando adiante, haverá cada vez mais opções ao dólar".

A China e a Rússia têm liderado os pedidos por uma moeda de reserva alternativa ao dólar, enxergando os EUA como a causa da crise. Os países também estão preocupados com os elevados níveis de dívida dos EUA, que tornam o sistema monetário global ainda mais vulnerável.

Zoellick disse ainda que o futuro do dólar estará ligado à capacidade dos EUA de reduzir a carga de dívida sem provocar inflação, ao mesmo tempo que um sistema financeiro e um setor privado saudáveis sejam restabelecidos. Embora a União Europeia enfrente desafios semelhantes, Zoellick vê o euro como "uma alternativa respeitável se o dólar estiver fraco". O yuan, embora controlado de forma apertada, também pode se tornar uma força nos próximos 10 a 20 anos, disse ele.

No entanto, o presidente do Banco Mundial afirmou que a economia global pode se beneficiar de pontos múltiplos de crescimento. Ele reiterou o pedido por um modelo econômico de "globalização responsável" que seja mais equilibrado, justo e favorável ao meio ambiente.

O pacto do G-20 (grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo), de reequilibrar o crescimento, é um passo na direção certa, afirmou Zoellick. "Mas vai exigir um novo nível de cooperação e coordenação internacional, incluindo uma nova disposição de levar a sério as descobertas do monitoramento global." Zoellick também saudou a decisão do G-20 de substituir o G-8 como principal fórum econômico internacional, afirmando que ele deve agir como "grupo de direção" para unir uma rede de países e instituições internacionais. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Estado de Minas - 28/09/09

Share

Comment function is not open