Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

Sua empresa já se preparou para os impactos da LGPD?

Sua empresa já se preparou para os impactos da LGPD?

Live interativa e gratuita: 22 de outubro de 2020, das 14h30 às 16h. Clique para saber mais.
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323?A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resolução...
FacRegulação

FacRegulação

Configuração de múltiplos fluxos de regulação.
FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCredO FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma ferramen...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem? O Banco Central do Brasil ...

Plano define atuação do Ramo Saúde

O presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, encerrou o 1º Encontro Nacional do Cooperativismo de Saúde, realizado na noite da terça-feira (23/6), na sede da instituição, em Brasília (DF), resumindo os principais pontos da agenda de trabalho do Ramo Saúde a partir de agora. O plano de ação exigirá esforço conjunto entre a representação do cooperativismo de saúde e deputados e senadores.

“Estamos estruturando o Conselho Especializado do Ramo Saúde e esta agenda nacional de trabalho. Assim será possível estabelecer temas urgentes para a melhoria dos mais de oito milhões de brasileiros envolvidos diretamente pelo cooperativismo no Brasil”, disse Lopes de Freitas aos participantes do encontro.

O resultado do encontro foi a divulgação do plano de ação que determina como ações macro a regulamentação do Ato Cooperativo; o reajuste dos contratos, baseado nos cálculos atuariais; e a legalização da contribuição financeira das cooperativas às campanhas eleitorais.

Fonte: Brasil Cooperativo - 24/06/09

Related

Share