Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

Reajuste anual dos planos de saúde

ANS definiu o índice máximo para o reajuste dos contratos individuais e familiares, adequados à Lei 9.656/98, para o período de maio/2009 até abril/2010, em 6,76%, a ser aplicado no mês de aniversário do contrato.

Neste ano a agência informa que considerou um impacto de 1,1% decorrente da atualização do rol de procedimentos e 5,6% decorrente da variação dos custos.

O percentual indicado como variação de custos está alinhado com o IPCA, enquanto IGPM e IPC ultrapassaram a marca de 6,2%.

O reajuste, praticamente linear a todas as operadoras, acaba por desconsiderar características específicas, sejam regionais, perfil dos usuários, disponibilidade de acesso, etc.

Assim, nos parece, não trata ou considera questões importantes como a qualidade do serviço da operadora e a qualidade assistencial.

À margem da discussão sobre se o índice atende a real variação de custo ocorrida ou se está alinhado ao comportamento da receita dos usuários, queremos chamar a atenção para a insistência na nivelação, igualando todos os produtos do mercado.

A legislação já completou 10 anos com inúmeros avanços normativos que resultam em sensível melhoria do segmento, tanto na estrutura das operadoras quanto na atenção aos beneficiários. Contudo, no quesito de reajuste, nenhuma alteração significativa, independente da própria evolução técnica e de conhecimento do agente regulador.

Não sejamos inocentes. Evidente que trás embutido questões políticas e alinhamento com áreas econômicas. Aliás, como previsto na própria lei que criou a ANS, no capítulo que define o que compete a agência:

“art. 4º. XVII - autorizar reajustes e revisões das contraprestações pecuniárias dos planos privados de assistência à saúde, ouvido o Ministério da Fazenda.”

Mas há que se ressaltar que não existe qualquer impeditivo de não adotar critério que contemple alguma segmentação e agregue vetores de qualidade. Certamente o índice fixado, como teto, estará sempre sujeito a critica por adotar o critério de média para todos, ainda mais por manter a apuração da média em ‘caixa preta’.



Fonte: Plurall - 30/04/09

Share

Comment function is not open