Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

BC avança na implantação de Basiléia II no Brasil

Brasília – A Diretoria do Banco Central do Brasil decidiu colocar em audiência pública, até 31 de março de 2009, minutas de três circulares para acolher críticas e sugestões das instituições financeiras e da sociedade sobre novos procedimentos que darão continuidade à implementação de Basiléia II no Brasil. O objetivo é aprimorar a regulamentação prudencial no país.

Um dos normativos colocados em audiência trata dos requisitos do Pilar 3 de Basiléia II, referente à transparência e disciplina de mercado, para as abordagens padronizadas. A minuta propõe que os bancos e grandes instituições financeiras sejam obrigados a divulgar ao público regularmente, informações qualitativas e quantitativas referentes à gestão de riscos e à adequação do capital às exposições aos riscos. As informações deverão ser apresentadas no sítio da instituição na internet. Para instituições não bancárias de menor porte, o Banco Central do Brasil ainda divulgará oportunamente norma semelhante.

A minuta de outra circular propõe requisitos mínimos e procedimentos para cálculo do Patrimônio de Referência Exigido (PRE) para riscos de taxas de juros, ações, commodities e câmbio. Os requisitos mínimos e os procedimentos serão exigidos pelo Banco Central para as instituições que optarem pela utilização de modelos internos de risco de mercado. Os bancos e conglomerados bancários que decidirem aplicar modelos internos para apuração do requerimento de capital para risco de mercado só poderão fazê-lo mediante autorização prévia do Departamento de Supervisão de Bancos e Conglomerados Bancários (Desup). A minuta detalha os requisitos qualitativos e quantitativos para o uso de modelos internos, além de exigências relacionadas aos testes de aderência (backtests), aos testes de estresse, à validação interna dos modelos e ao papel da auditoria interna. Para mensuração do risco de mercado devem ser utilizadas técnicas baseadas em valor em risco (VaR).

A terceira minuta em audiência pública dispõe sobre o processo de solicitação de autorização para uso de modelos internos de risco de mercado. Estão previstos quatro estágios neste processo: encaminhamento de solicitação ao Desup, seleção das instituições a serem analisadas e finalmente a autorização para uso de modelos internos. A minuta propõe que a autorização seja solicitada entre 1º e 30 de setembro de 2009. O Desup selecionará, dentre as instituições que solicitarem autorização, aquelas que terão seus modelos internos analisados. Os critérios para esta seleção estão detalhados na minuta. As instituições serão comunicadas do resultado do processo de seleção até 30 de novembro de 2009. As instituições que forem autorizadas poderão fazer uso de seus modelos a partir de 1º de janeiro de 2011. As instituições que não forem selecionadas ou autorizadas a utilizar modelos internos nesta primeira oportunidade poderão participar de futuros processos de seleção, a serem oportunamente divulgados pelo Banco Central do Brasil.

Para enviar sugestões e comentários acessar
o link contido no edital publicado no endereço eletrônico do Banco Central do Brasil, por email ou por correspondência.


Brasília, 16 de fevereiro de 2009
Banco Central do BrasiL
Assessoria de Imprensa
imprensa@bcb.gov.br
(61) 3414-3462

Share

Comment function is not open