Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile – Sua empresa na palma da mão

FacMobile + FacCred O FacMobile cria a conexão perfeita entre as instituições financeiras e seus associados/clientes. Uma fe...
FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...

Comissão aprova isenção tributária para cooperativas de consumo

O projeto (PL 2543/07) revoga artigo da Lei 9.532/97 que equipara as cooperativas de consumo a empresas, nas exigências tributárias. Com a revogação, aprovada na última quarta-feira (26/11) as cooperativas de consumo ficam isentas de CSLL, Imposto de Renda, PIS/Pasep e Cofins.


A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou a proposta que isenta de tributação de cooperativas de consumo - que compram bens para revendê-los a seus associados.
O projeto (PL 2543/07) revoga artigo da Lei 9.532/97 que equipara as cooperativas de consumo a empresas, nas exigências tributárias. Com a revogação, aprovada na última quarta-feira (26/11) as cooperativas de consumo ficam isentas de CSLL, Imposto de Renda, PIS/Pasep e Cofins.

O autor da proposta, deputado Valdir Colatto (PMDS-SC), argumenta que o artigo é inconstitucional, pois a Constituição determina que "a lei apoiará e estimulará o cooperativismo e outras formas de associativismo". O relator da proposta na comissão, Dr. Ubiali (PSB-SP), concorda. Ele lembra ainda que a característica essencial das cooperativas é a associação de interesses em benefício de seus membros, de uma forma distinta da que ocorre em uma sociedade comercial convencional.

"A contrapartida governamental de incentivo e isenção de impostos é, justamente, a de dar um tratamento diferenciado por parte do Estado a atividades distintas, por julgar que os benefícios sociais decorrentes do cooperativismo transcendem os das sociedades comerciais convencionais", argumenta o parlamentar.

A comissão aprovou o PL 2543/07 e considerou prejudicado o Projeto de Lei 1209/07, ao qual ele está apensado. Segundo o relator, o texto aprovado "contém o principal e o amplia". O projeto principal também é de autoria de Colatto.

Os dois projetos - o apensado e o principal - serão analisados ainda pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, em caráter conclusivo.

Fonte: brasilcooperativo.coop - 01/12/08

 

 

Share

Comment function is not open