Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...
Fácil Informática no Sinplo 2014

Fácil Informática no Sinplo 2014

A 9ª edição do SINPLO - Simpósio Internacional de Planos Odontológicos e Feira de Negócios para as operado...

OPINIÃO: Visão estratégica e holístico-transcendental nos negócios

por Valdir R. Borba*
 10/11/2008

 
Confira o artigo do mestre em administração e é coordenador do MBA de Gestão em Serviços de Saúde da Fundação Unimed, Valdir R. Borba.
 

A visão estratégica do negócio é na realidade o sonho da organização, aquilo que deseja ser, desenhado ao longo prazo, ou o que deseja ser  e como  pretende ser reconhecida nesse futuro projetado.
Se a visão estratégica é o sonho que se projeta na realidade futura da organização, então a forma, o jeito, a mente e o espírito de uma organização pode ser trabalhado e projeto, fazendo com que a mesma venha a ser aquilo que sonhamos no presente.

A formulação da visão é de vital importância e não deve ficar afeta apenas ao desejo de ser a maior, a mais rentável e a melhor reconhecida empresa no ramo em um determinado espaço geográfico ou temporal, é preciso ir além, e para isso é essencial que esse sonho (visão) não seja apenas estratégico e meramente apurado por lucratividade ou dividendos, é preciso incluir nesse sonho (visão) os componentes emocionais e espirituais, e com isso ser melhor em todos os sentidos e ser amada por clientes, fornecedores e colaboradores.

Para uma organização ser amada, o presente precisa ser trabalhado de forma integral para que esse futuro seja alcançado. É preciso crer nesse futuro, disseminá-lo no seio da organização e no seu ambiente externo e projetá-lo com a participação de todos e para o beneficio da coletividade, pois, somente assim ter-se-á satisfação e fidelidade.

O objetivo maior de todos os envolvidos, ou seja da coletividade interna,  é aumentar o QEC - Quociente Emocional-Espiritual Coletivo e por conseqüência a otimização dos resultados em todos os níveis e tipos, pois é de um ambiente coeso e com ressonância da motivação que se alcança os fins desejados.

A inclusão dos princípios de valores transcendentais e espirituais na formulação da visão com abordagem holística amplia o sonho dando-lhe nova dimensão com um colorido especial pelos novos valores, não apenas empresariais, mas também espirituais que potencializarão o processo em busca desse sonho ampliado, formulando uma nova organização, ou seja, uma empresa humanizada com excelência em seus processos e relacionamentos. Essa nova organização é produto desse novo modelo holístico-transcendental ou quântico-espiritual.

Postura Estratégico-espiritual

A empresa que tem a visão não apenas estratégica, mas um sonho nessa dimensão transcendental e que entende que a saúde espiritual do grupo é o combustível essencial para o seu próprio desenvolvimento tem também uma abordagem totalmente nova, formada pelos componentes estratégicos do negócio com esses princípios e valores que transcendem a dimensão meramente empresarial.

Essa nova abordagem formada tanto do ponto de vista estratégico quanto do emocional-espiritual assenta-se em um modelo com três grandes estruturas, simbolizadas por metáforas.

Alguns doutrinadores trabalham com modelos de metáfora na administração, tais como: Gareth Morgan, Roberto Adami Tranjan, Marly Cavalcanti, Kay Gilely e outros, dos quais adaptamos esse modelo de abordagem estratégico-espiritual, com utilização das seguintes metáforas:

Metáfora espiritual para configurar a parte filosófica, cultural e de valores do planejamento holístico transcendental onde se incluem a Missão, princípios, valores, filosofia, cultura e outros elementos também emocionais e espirituais que formam o credo da organização.

Esse credo ou conjunto de valores da organização e do grupo que a compõe, incluindo acionistas, gestores, colaboradores, prestadores, fornecedores e tomadores de serviços ou produtos (clientes), nessa nova abordagem assumem um papel relevante no processo, determinando o jeito de serem, os códigos de conduta e especialmente a qualidade do sonho, dos relacionamentos e dos resultados. É a essência filosófica e cultural da organização. É de fato aquilo em que o conjunto (organização) efetivamente acredita, correspondendo no EU CREIO,  ou na fé que o pensamento coletivo tem. É a fé ou a sinergia do QEC - Quociente Emocional-Espiritual Coletivo

Metáfora Cerebral para configurar a parte cognitiva e intelectual do planejamento, desenvolvendo e integrando objetivos, políticas, diretrizes e estratégias de forma que possam ser transformados em ações de gestão estratégica e em projetos que possam ser executados.

O conjunto da metáfora cerebral do planejamento é idêntico ao conjunto de instrumentos do planejamento estratégico convencional, entretanto, no modelo holístico-transcendental recebe também toda a carga do sonho ou da visão transcendental com valores emocionais e espirituais, agregando o credo composto por missão, valores, filosofia e princípios dessa nova abordagem. Portanto o conjunto cerebral desse novo planejamento trabalha também com esses novos componentes em sua gestão estratégica em busca da configuração da vantagem competitiva a partir do seu grande diferencial, ou seja, do seu elevado QEC - Quociente Emocional-Espiritual Coletivo.

No modelo atual e convencional de planejamento estratégico, tem-se que nos negócios, a paz é um elemento cada vez mais raro, pois a existência de competidores agressivos está mais presente e circunstancial. Entretanto no modelo proposto com valores transcendentais e espirituais, não haverá espaços para essas contendas, pois o diferencial da empresa quântico-espiritual não estará somente na sua tecnologia ou na sua capacidade de concorrer no mercado, mas estará fundamentado em valores essenciais do coletivo e da motivação na organização; deste modo a empresa que pretender superá-la terá que trilhar o mesmo caminho, mas com um índice emocional-espiritual ainda maior, oferecendo maior satisfação para obter fidelidade.

Metáfora Corporal configurada pela parte físico-funcional da organização e que recebe a ação estratégica de fazer acontecer o planejado, para isso, no modelo holístico-transcendental, inclui-se não apenas a estrutura física, os recursos e a tecnologia, mas essencialmente as pessoas que processam essas ações, daí a importância de se incluir toda a visão ampliada e todos os métodos humanizados no processo.

A dimensão corporal é a parte que faz acontecer e por isso é o campo da aplicação de todo o processo e de onde resultará a lucratividade, a rentabilidade e essencialmente a otimização e a perenidade do conjunto. É nessa dimensão que se aplica de fato os princípios, a filosofia e se agregam os valores do credo institucional, transferindo do transcendental-espiritual e do cerebral para o corpo, tornando-se tangíveis os valores estratégicos e os transcendentais espirituais.

Essa transferência pode ser sentida pelo nível emocional, motivacional e de amor pela organização que se expressam pela fidelidade. É o grande diferencial da organização que opta pelo holístico-transcendental e pelo estratégico-espiritual, pois são princípios e valores que vão muito além da pratica comum do mundo corporativo. É de fato o grande ou talvez o único e definitivo diferencial, pois com ele se obtém todos os demais.

Com essa abordagem holístico-transcendental a empresa se transforma gerando novo padrão de pensamento coletivo ou de pensamentos unificados que se agregam e dão origem ao QEC - Quociente Emocional Coletivo da organização, o que corresponde a uma conversão espiritual coletiva ou de "convergência" para esse processo de gestão integral - administrando com a mente e com o coração - que determina resultados otimizados através de processos e de relacionamentos com excelência intimista de cada membro e do todo organizacional.

Como conseqüência desse processo de planejamento estratégico com essa visão e gestão estabelecida por esse credo institucional espiritualizado obtêm-se, com certeza, a satisfação e a fidelidade através de resultados otimizados pela sinergia quântico-espiritual.

* Valdir R. Borba é mestre em administração e é coordenador do MBA de Gestão em Serviços de Saúde da Fundação Unimed.

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicadas refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nesta publicação.

Fonte: SaudeBusinessWeb

Share

Comment function is not open