Categorias

Arquivo

Tweets

Parceiros

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

FacPlan - Software para Operadora de Plano de Saúde

Com o FacPlan, você tem as ferramentas que precisa para  aperfeiçoar o relacionamento com os clientes, reduzir custos e melhorar seu...
FacCred - Software para Instituições Financeiras

FacCred - Software para Instituições Financeiras

O FacCred é um software integrado de gestão empresarial ERP, desenvolvido para automatizar de forma flexível, segura e altamente ...
Ouvidorias  - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Ouvidorias - Sua operadora já está atendendo aos requisitos da ANS?

Você sabe o que é a RN 323? A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) determina através da Resoluç&atil...
ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

ANS disponibiliza arquivos da versão 3.02.00 do Padrão TISS

  A Troca de Informações na Saúde Suplementar - TISS foi estabelecida como um padrão obrigatório para as tro...
Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Computação em Nuvem: Solução para seu banco de dados e servidor

Seguindo uma forte tendência na área de produtos e serviços de TI para empresas, a Fácil Informática está ofe...
 FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

FacCard - Sistema eficiente para Administradoras de Cartões

O seu software vira outro tipo de sistema quando você mais precisa? Auge das vendas, equipes a todo vapor e na hora H ele não funciona c...
A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A sua agência de Turismo está atendendo as exigência do Banco Central?

A  sua agência de turismo opera câmbio vende/compra moeda ou cartão pré-pago de viagem?   O Banco Central do Bra...
FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

FacGeo - Divulgue sua rede assistencial e atenda à RN 285

O FacGeo é uma ferramenta desenvolvida para o atendimento à Resolução Normativa (NR) 285 da ANS, que permite a divulga&cce...
Fácil Informática no Sinplo 2014

Fácil Informática no Sinplo 2014

A 9ª edição do SINPLO - Simpósio Internacional de Planos Odontológicos e Feira de Negócios para as operado...

Medidas tentam barrar iminente retração de crédito, diz economista

São Paulo - As medidas anunciadas pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e pelo presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, na tarde de hoje (6), tentam barrar uma iminente retração de crédito no país. A avaliação é do economista conselheiro do Conselho Regional de Economia de São Paulo (Corecon-SP), Jin Whan Oh.

"A retração de crédito é iminente. Os bancos já começaram a diminuir suas linhas e o risco para o Brasil de contaminação maior da crise se passaria justamente sobre a balança de pagamento", disse ele, em entrevista a Agência Brasil.

O economista analisou que, "em conceito", as medidas do governo são "perfeitas". No entanto, ele questionou a utilização no pacote anunciado de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

"Uma coisa a se discutir é a fonte dos recursos aplicados no fomento desse mercado interno. Um dos elementos que o Mantega mencionou eram fundos do BNDES para isso. Estamos falando de fundos que em última instância são fundos subsidiados. E onde tem subsidios significa que o resto da população está pagando", ressaltou.

Uma das medidas anunciadas hoje pelo governo será o reforço de R$ 5 bilhões nas linhas de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) destinada a pré-embarques. O crédito é para embarque de mercadorias para comércio exterior. Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, a liberação dos novos recursos deve ser aprovada pela diretoria do banco entre hoje (6) e amanhã (7).

O economista do Corecon ainda considerou que, apesar das dificuldades na disponibilidade de créditos a exportadores, a balança de pagamentos do país deve ser beneficiada pelo aumento da taxa de câmbio.

"A taxa de câmbio já muda de patamar e novamente a economia começa a funcionar. Quando a taxa de câmbio sobe, os preços brasileiros ficam melhores", disse.

Fonte: agenciabrasil.gov

Share

Comment function is not open